css3 menu generator by Css3Menu.com

 
 
Apiacá: uma cidade em busca de oportunidades
 
Publicado em 14/12/2017 17h45min
 
 

Apiacá - By Aqui Notícias

Nossa quarta reportagem da série "Cidade que temos, cidade que queremos" chega a Apiacá, no extremo Sul capixaba, na divisa com o Estado do Rio de Janeiro. Cidade de menor porte, a população local aumentou pouco este ano em comparação com 2016. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para ser mais exato, o município ganhou apenas quatro novos moradores: 7.932 contra 7.928 do ano passado.

O levantamento não precisa se o aumento de habitantes ocorreu com nascimentos ou a chegada de novos moradores. O fato é que a falta de postos de trabalho e melhores salários talvez expliquem o baixo índice de crescimento populacional de Apiacá.

Apiacá - Vista aérea

Os apiacaenses demonstram gostar do lugar onde vivem, mas se preocupam com a falta de oportunidades. O êxodo para outras cidades acaba sendo a alternativa. “Minhas duas filhas já estão em idade adulta e estudando, mas possivelmente vão ter que buscar trabalho fora quando se formarem”, diz o marceneiro Carlos Tadeu Faria, 54.

Os principais comércios, o serviço público, a cafeicultura e a pecuária leiteira e de corte ainda são os maiores empregadores no município, mas não dão perspectiva para jovens em idade produtiva e aspirantes a outras profissões. “O salário pago ainda é muito ruim em comparação com outras cidades. Fica muito difícil se manter aqui”, afirma o mecânico Jenerson Vieira, 19.

É nesse contexto que paira uma das maiores preocupações do prefeito de Apiacá, Fabrício Thebaldi (PP). Em seu primeiro mandato, o popular “Fabrício do Posto” diz que a prefeitura está desenvolvendo projetos para implantar uma “nova frente de empregos a partir de 2018”, sem poder dar mais detalhes.

Além da geração de emprego, os investimentos da administração pública contemplam outros setores básicos, dentro da limitação orçamentária. Segundo Thebaldi, nos primeiros meses de mandato, três escolas, o hospital e um posto de saúde foram reformados e aumentaram sua capacidade de exames e consultas.

“É um desafio. Eu e minha equipe estamos fiscalizando diariamente todas as certidões negativas do município para podermos ganhar emendas parlamentares estaduais e federais. Fazia anos que isso não acontecia. É muito arroxo financeiro, mas tenho feito meu dever de casa dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal. Às vezes isso não me traz boas críticas, mas o povo de Apiacá sabe que tem um gestor à frente comprometido com a idoneidade pública”, afirma Fabrício do Posto.

Fala do prefeito

Apiacá - By Aqui Notícias 2

“Apiacá é uma cidade calma, mas o ideal seriam mais atrativos de emprego para a população. Um lugar onde a paz reina e o desenvolvimento social e econômico progrida. Tenho certeza que o próximo ano Apiacá vai ‘bombar’ e vamos colocá-lo de fato no mapa do Espírito Santo”. Fabrício Thebaldi, prefeito de apiacá.

Contorno vai tirar trânsito de caminhões do centro

Apiacá - By Aqui Notícias 3 gallery a lightboxby VisualLightBox.com v6.1

O governador Paulo Hartung anunciou, na última terça-feira, investimentos aproximadamente R$ 282 milhões – que serão aplicados em construção de ponte, implementação, pavimentação e recuperação de 11 rodovias que cortam 13 municípios do interior e Grande Vitória. Entre os investimentos está a implementação do Contorno de Apiacá, na ES 297, com 7,48 km de extensão, desviando o tráfego de veículos pesados da área urbana do município.

Os recursos são resultado de uma parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e um esforço da equipe do DER. A obra vai custar R$ 35.572.252,83, e a ordem de serviço está prevista até fevereiro de 2018.

O trânsito de caminhões e carretas na cidade sempre dividiu opiniões em Apiacá. Com a implantação do Contorno, a expectativa é da geração de novos negócios ao longo da rodovia e da garantia da segurança de pedestres e construções na parte central.

Economista e advogado de formação, o prefeito vê a nova obra como oportunidade. “Se soubéssemos aproveitar cada carro que passa atualmente em Apiacá, e a gente teria outra realidade econômica. Com o Contorno, poderemos crescer de forma organizada e muitos negócios podem ser criados ao longo da rodovia. Tenho certeza que no próximo ano Apiacá vai ‘bombar’ e vamos colocá-lo de fato no mapa do Espírito Santo”.

Com as 11 obras do governo em execução a expectativa é da geração de 900 empregos, movimentando a economia da região e utilizando mão-de-obra das localidades que receberão os canteiros das empresas responsáveis pelos serviços.

 

 

Fala dos moradores

Apiacá - By Aqui Notícias 4

Valéria Ribeiro de Souza Silva, 38, serviços gerais.

“Apiacá é uma cidade calma, tranquila, todo mundo entra e sai na hora que quer. Mas, infelizmente, gera poucos empregos. As vagas na cidade são dos maiores supermercado, padaria e farmácia, enquanto isso os pequenos comércios não conseguem contratar”.

Apiacá - By Aqui Notícias 5

Carlos Tadeu Rangel Faria, 54, marceneiro.

“Gosto muito daqui, onde sou nascido e criado. Só fiquei quatro anos fora, mas voltei porque adoro interior. A exemplo de todo o Brasil, em Apiacá faltam mais oportunidades de emprego”.

Apiacá - By Aqui Notícias 6

Cláudio Tavares da Silva, 45, ourives.

Tive várias propostas para morar em cidades maiores, até financeiramente mais viáveis, mas preferi ganhar menos e ter mais paz. Como no país todo, em Apiacá a saúde, a educação e a geração de empregos são deficientes.”

Apiacá - By Aqui Notícias 7

Ana Maria Pires Nunes, 40, empregada doméstica.

“Aqui é tranquilo, não tem tanta violência, mas é ruim para serviço. Os moradores procuram emprego fora e, se resolvem ficar, tem que trabalhar em casa de família, ganhando menos de um salário mínimo”.

Apiacá - By Aqui Notícias 8

Jenerson Peçanha Vieira, 19, mecânico.

"Aqui não tem esporte e lazer nenhum. Os mais jovens ficam muito à toa, sem oportunidades também para trabalhar, porque paga-se mal”.

Opinião Por: Leandro Fidelis

Apiacá - By Aqui Notícias 9 gallery a lightboxby VisualLightBox.com v6.1

Município reflete o velho dilema do interior

Apiacá reflete as dificuldades de muitas cidades do interior do Brasil. Não é particularidade do município a escassez de trabalho e a falta de perspectiva.

Colocar na balança os prós e contras vai sempre equilibrar as decisões dos cidadãos do interior. Sair para os grandes centros, ganhar mais e virar refém da violência ou ganhar pouco e continuar deixando a porta de casa ou do carro aberta?

O êxodo rural do passado inchou as metrópoles, e hoje vemos um movimento inverso da busca pela qualidade de vida na roça. Mais uma vez vou “cutucar” meu povo capixaba do interior: empreenda! Faça do milho pamonha, da cana melado, da casa ponto turístico... Apiacá vai entender o que estou dizendo. Fotos: Leandro Fidelis

 
Aqui Notícias  
 
 
# Leia também
 
Blog Last-minute News
 
Aqui Notícias
 
TV ABCapixaba